segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Retossigmoidectomia Videolaparoscópica

Fiz um texto enorme, mas tentei reduzir pra não ficar massante. Ê! Estou em casa, minha gente! Cheguei no hospital na quinta-feira, dia 20 com meus pais lá pelas 8 horas da manhã e fiquei lá só esperando o médico chegar, a cirurgia estava marcada apenas para às 13:30. Por volta de meio dia, Dr. Figueiroa chegou com o anestesista, foi lá no quarto e falou comigo, perguntou se estava tudo bem e levou os exames pra o outro médico olhar também. O anestesista fez aquelas perguntas básicas, se tem diabetes, pressão alta, etc.

Depois eu não vi mais a hora que desci pra cirurgia, minutos antes de chegar o pessoal pra me levar pra sala de cirurgia, chegaram Allan, meu namorado, e Dona Katia, minha sogra. Foi bom que consegui falar com eles antes de entrar, levei beijinho de todo mundo, foi muito bom e Allanzinhu me acompanhou até a sala de preparação pra anestesia. Logo que cheguei lá falei rapidamente com os médicos e uns minutinhos depois chegou Dra. Clauda, ela é ótima, chegou bem empolgada perguntando: "Já rezou hoje?". Aí eu disse que sim né, aí ela disse que ía ficar lá e acompanhar a cirurgia. Daí o anestesista colocou o remédio na minha veia e pronto, o sono chegou e eu apaguei. Foi anestesia geral.

Quando eu acordei, não tinha noção de hora nenhuma, acordei meio nervosa, confesso, ainda meio grogue e sem enxergar direito, na verdade mal conseguia abrir o olho, mas me deu um desespero por que tinha algo prendendo a minha perna, e eu queria saber se havia sido feito a colostomia (a colocação da bolsa para fezes) ou não. Nesse meio tempo comecei a me sentir mal e vomitei, deitada mesmo na cama, virei pro lado e vomitei... Aí veio alguém que disse: "Ela não está passando bem não". Aí uma moça veio colocou um pano do lado e pediu pra eu virar a cabeça, aí vomitei mais... Foi quando parei e pensei, não vou poder me levantar daqui mesmo, aí comecei a tentar respirar direito pra me acalmar. Depois disso lembro de Dr. Figueiroa chegando e falando comigo, dizendo que estava tudo bem, que eu tinha vomitado um pouquinho, mas era normal, e que a cirurgia tinha sido muito boa, que eu esperasse, que depois subiria pro quarto, no final ele disse que eu nem lembraria de nada. Mas lembrei disso, se ele falou algo mais eu não lembro. 

Depois "acordei" de novo já com alguém dizendo que estava me levando pro quarto, aí empurraram a cama, e começaram a trocar o lençol, por que afinal eu tinha vomitado nele, me viraram, e pronto, consegui ver um relógio na parede não sei se eram 8h ou 9h da noite. Depois disso fechei o olho de novo, e só abri quando ouvi a voz de Allan, percebi que ele tava no telefone falando pra alguém que eu tinha acabado de chegar, fiquei procurando o resto das pessoas e não vi ninguém, também ainda estava sem força pra nada, pedi pra fazer xixi, foi quando me disseram que eu estava com uma sonda, depois pedi água, aí vi quando disseram a Allan pra ele molhar a gaze num copo com água e molhar minha boca. 

Só depois quando falei com minha mãe e minha sogra descobri algumas coisas, como a duração da cirurgia, que foi de 3 horas e meia. Me disseram que o médico chegou lá pelas 7h ou 8h da noite dizendo pra eles que tinha sido uma ótima cirurgia, que eu estava bem, mas que precisava ficar na sala de recuperação pra eles monitorarem como eu reagia. Nisso ele foi logo dizendo que deu tudo certo e que eu tinha um grande aliado nisso tudo: a idade. 

Na sexta pela manhã, foi quando acordei mais consciente, logo cedo Dr Figueiroa foi me ver, perguntou como eu estava, se sentia dor, aí me disse que não viria no sábado pois tinha que ir pra Gravatá na sexta de manhã, mas que Dra Claudia passaria pra me ver, pediu para as meninas tirarem a sonda e a bota pneumática. O tal do negócio apertando minhas pernas eram botas pneumáticas, eram como se fosse aquele negócio que colocam pra tirar pressão, só que dois na canela e um acima do joelho, enchiam de ar e soltavam. O médico disse que como fiquei muito tempo com a perna pra cima OI? eles colocaram para evitar tromboses, má ciruculação etc. Logo que vieram e tiraram a sonda e as botas, já foi um alívio, e a primeira coisa que fiz foi pedir pra Allan ver se tinha alguma bolsa, por que eu passava a mão e não sentia, e estava tão aérea ainda que não tinha perguntado ao médico. Ele olhou e não tinha nada lá!

Depois disso chegaram meus pais, aí todo mundo teve que sair por que a auxiliar de enfermagem veio dar banho em mim, tomei banho numa cadeirinha, por que não tinha firmeza ainda pra andar. À noite, o Dr. Figueiroa ligou pra falar comigo, foi aí que perguntei a ele sobre a bolsa, e ele me disse que não fez a colostomia, por que a anastomose foi tão boa que ele não achou necessário. Ou seja, a ligação das partes que ele costurou lá ficou muito boa, como ele disse minha idade favoreceu muito, mesmo assim ele ficou muito atento a qualquer sinal de infecção, e se as coisas estavam funcionando direito. No outro dia Dra. Claudia veio, super feliz, perguntou como eu estava, não tive febre, dores só dos pontos mesmo, tudo tranquilo, estava urinando e evacuando. A evacuação ainda era muito pastosa e com resquícios de sangue, segundo os médicos é normal.

E foi aí que no domingo tive alta, já estava caminhando pelos corredores, as meninas da enfermagem diziam que era bom caminhar, mesmo devagarzinho, no domingo até banho sozinha eu tomei, quando o médico veio, olhou os pontos e como estavam bem sequinhos ele me mandou pra casa! As recomendações agora é só não pegar peso, nem abaixar, mas não ficar deitada, sempre caminhar, de leve... Estou com um pigarro triste, que me faz tossir as vezes, dizem que é da anestesia geral. E é o que incomoda agora, dói um pouco pra levantar, pra sentar, pra deitar... Mas também né, foram 6 cortes, o maior com 9 pontos, os outros com 4, 3 e 2 pontos. Minha barriga está muito inchada, principalmente quando levanto pra andar, parece que tive um bebê, o maior ponto ficou tipo corte de cesariana, e aí fica bem escondido. Segue a foto:

Curativos da cirurgia por vídeo

O corte maior, foi por onde passou o pedaço do intestino (reto e sigmóide) que o médico retirou, e cá entre nós, que pedação. Eu esperava algo menor, ele retirou também um tal de anel distal, não faço ideia do que seja, quando vê-lo novamente perguntarei. Esse material já foi pro laboratório pra análise patológica. 

Próximo passo? Retirar os pontos próxima segunda-feira. Pegar o resultado dessa biópsia e voltar pra Dra Roberta, a oncologista. E ver se vem mais quimioterapia por aí. E que venha QT, quero tanto ficar logo boa. Vou dizer uma coisa, você aí não faz ideia de como é ter boa saúde, nunca na minha vida pude perceber tão claramente como o simples fato de existir, de caminhar, de se sentir bem é tão bom. Ninguém te dá isso, está aí dentro de você. Quero que essa semana passe logo, por que parece que quando eu levanto minha barriga vai se abrir e vai cair tudo! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Quero agradecer e dizer que agora estamos na reta final, OBRIGADA do fundo do meu coração pra quem ligou, pra quem foi me visitar, pra quem rezou/orou/mandou energia positiva, pra quem estava lá comigo, os anjos que cuidaram de mim nesses dias no hospital, são três: Allan, Edilaine e Manu, me dando água, me ajudando a levantar, ir no banheiro, a caminhar, por que como sabem meus pais não podiam, pois minha mãe tem a saúde bem frágil. A prima Rô, a Tia Noemia, o pessoal do trabalho. Sem palavras para descrever, o carinho da minha família, da minha sogra muito querida que também foi me ver em todos os dias e me lembra como sou amada, enfim todo aquele que participou e participa me dando toda força do mundo sabe que eu vou levá-lo sempre no meu coração.

Uma frase pra hoje: 

Sorria por que você tem a maior riqueza que alguém pode ter: VIDA. Você tem saúde, então seja feliz por que o resto você consegue, e se não tem, lute e faça tudo aquilo que for possível, o que não estiver ao seu alcance cabe a outras forças maiores e poderosas que nunca te deixam só. EU NÃO ESTOU OSTOMIZADA!!!!!!! IUPIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII =D

Para conscientizar: http://ostomizados.com/
Portal dos ostomizados - Bolsas Coletoras: Seu direito à vida!

4 comentários:

  1. Milena, fico muito feliz em saber que sua cirurgia foi um sucesso e que vc tá se recuperando bem =)
    Quando tomei anestesia geral pra fazer uma cirurgia tb vomitei quando acordei, duas vezes. esse raio de anestesia geral é uó.

    Desejo que o resto do seu tratamento tb seja super bem sucedido e que vc se reestabeleça por completo ligeirinho =D

    Bejuuuuuuuuussss

    ResponderExcluir
  2. Muito Feliz Milena!
    Orei por vc e sabia que ia dar tudo certo.
    Boa recuperação e que o resultado da biopsia seja seu grande presente do ano.
    Vai dar tudo certo!

    Ps. Só fiz cirurgia uma vez e tomei a RAC, o efeito colateral dela é uma forte dor de cabeça, só para qdo vc está deitada (levanta a cabeça e começa a doer de novo) e logo após acordar parece que tem uma tonelada em cima de suas pernas. Dá um medo, mas passa.

    ResponderExcluir
  3. ola milena,! Boa tarde fiquei mt feliz com seu texto apesar q cada caso e um caso, gostaria de saber qual o medico q te operou.. voce é do Rio mesmo? bjinhus
    fabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou do Rio, sou de Recife, meu medico que operou é José Figueiroa Filho... Não sei se te ajuda. De fato, cada caso é um caso... Mas algumas coisas se repetem... Se eu puder ajudar em algo mais, é só dizer!! :)

      Excluir