quinta-feira, 6 de junho de 2013

Tudo certo, tudo bem, meu bem...

Vida saudável em primeiro lugar!
E aí? Vai um lanchinho? Minha dica acima é mamão, maçã, pera e uva com iogurte. O intestino fica feliz e agradece. Hoje já tenho o resultado da ressonância de fígado que fiz semana passada, e deu tudo "nos conformes". As imagens visualizadas anteriormente, não apareceram nesta nova RM. Isso é bom, mas creio que Dra. Roberta continuará atenta, levo os resultados pra ela semana que vem. Neste mês ainda tenho consulta com a uroginecologista e o exame preventivo.

A vida tem ido cada vez mais normal. Fora o de sempre, dormência nos pés e mãos, citoneurim todos os dias... Muitas dores pelo corpo, principalmente nas pernas. Mas, a felicidade em pessoa, pois posso viver! 

Hoje vou dedicar um pouco do post a questão da gravidez... Li recentemente muitas coisas sobre adoção. Hoje aceito bem mais minha condição. Mas sou assim, fiquei com raiva, fiquei triste sim, mas não sou do tipo que "dá murro em ponta de faca". Aceito o que não posso mudar, e corro atrás daquilo que posso. Já vejo com muito amor o bebê que pretendo adotar. Não vou ficar falando sobre FIV, antes de saber como será o processo comigo, afinal cada caso é um caso. Mas nesses dias encontrei uns links bem legais que vou deixar aqui a título de informação. Primeiro foi um médico indicado pela minha cunhada, Elsimar Coutinho. Pelo site e fama do cara, parece ser caríssimo... E infelizmente só tem em outros estados. Têm informações e depoimentos interessantes... Um outro médico que encontrei nas minhas pesquisas foi um chamado Evangelista Torquato. Show de bola o blog dele, tem muita informação mesmo!!! Eu ainda vou ler muitas coisas nesse blog...

Na verdade eu quero procurar logo um médico especialista em reprodução por que tenho medo que caso meus óvulos ainda sirvam, eu os perca antes de começar a tentar engravidar. Por isso penso em congelar o zigoto, caso meus óvulos sirvam, então o primeiro passo é procurar o médico e fazer o exame de reserva ovariana. Mas só farei isso depois de me consultar com minha gineco, isso acontecerá provavelmente em julho. Já estou com uma médica especialista em reprodução assistida indicada pelo meu cirurgião plástico também... Enfim, todos querem ajudar... E com o tempo tudo se acertará. Tenho fé que encontrarei um ótimo médico!

No mais é isso aí, quem quiser ler mais sobre reprodução assistida, dá uma lida nesta entrevista: http://veja.abril.com.br/idade/exclusivo/311007/entrevista.html

"Desde que a mulher tenha óvulos, ela pode conseguir a gravidez. A qualidade do óvulo tem uma queda dos 30 aos 35 anos. E depois dos 35 cai significativamente, com isso a chance de gravidez também diminui."


Nenhum comentário:

Postar um comentário